domingo, 7 de dezembro de 2008

POESIA: Por Cores Mais Floridas

POR CORES MAIS FLORIDAS

O mundo arde em profundas dores
A humanidade é carente de amores
A televisão se alimenta de horrores
A natureza teme perder suas cores

Preciso de sua mão para tocar o céu
E de seu ombro para escalar abismos
Somos grávidos de bondades infinitas
Abortadas por cruéis neoliberalismos

Antes que as lágrimas lhe afoguem
Antes que tantas luzes se apaguem
Antes que todas as rimas murchem
Antes que apareçam outros Bushs

A esperança é a última a desistir
Sua alma não pode parar de sorrir
A mudança é a vocação do sentir
Já começo a ver seu coração florir

2 comentários:

bypoesia disse...

E que tudo entre na harmonia do amor desejos que sobre põe ao instate da paixão nada deixa mais louco, uma loucura que é boa para o fim da vida no mundo para começas a eterna vida espiritual que Deus nos prometeu.

O mano lindo poema abraços...

Daniela Figueiredo disse...

Que linda tua poesia! Parabéns, Pablo. Devemos manter nosso coração florido sempre! Beijos.